Wednesday, November 14, 2007

Trauma de infância

Tem coisas que não deveriam acontecer nunca. Exemplo: diretor de arte ir ao cliente! Não importa o motivo: diretor de arte nunca deveria ter que ir a cliente nenhum.
Começa assim:

Atendimento: Sabe o que é... é que o cliente faz questão de conversar c a criação. Ele acha que assim conseguirá ser melhor compreendido, por não ter um "atravessador" no caminho.

Dir. arte: tsc, tsc...

E lá vai o pobre coitado enfrentar um de seus maiores medos: o cliente!

E no meu caso, foi ainda pior! O cliente foi na agência aprovar a logo (procedimento erradíssimo, pq afinal de contas o atendimento existe pra isso! pra que a criação não precise entrar em contato c o cliente), e o camarada começou a falar das mil uma coisas que ele faz e blá, blá, blá. Disse que gostou muito da logo, mas que faltava algo. E ele tinha certeza de que se eu fosse à clínica dele eu conseguiria expressar esse tal "algo" que faltava. Só que o cara é DENTISTA! Simplesmente formado na profissão responsável pelos meus maiores traumas de infância....

E lá fui eu, me aventurar...

Saímos da agência, eu e o atendimento, e fomos a tal clínica. Entramos e fomos em direção ao escritória do fulano. Foi a caminhada mais terrível de que tenho lembrança... Vieram a tona todas as lembranças: aqueles sons, barulhos daquelas maquininhas de dentistas, aquelas salas de tortura, aquele cheiro! Ái, aquele cheiro! Me lembro perfeiramente de quando ia ao dentista, ainda pequena, dentes de leite, aquele cheiro tomando conta do ambiente e eu caminhando em direção a sala de tortura. A carrasca que me atendia sempre tinha uma desculpa pra arrancar meus dentes de leite que ainda nem estavam moles direito. Ela era sádica! Dava gargalhadas com meu sofrimento. Eu ali, indefesa, naquela cadeira de tortura, e ela arrancando meus dentes de leite sem necessidade*, apenas pra satisfazer seu desejo de me ver sofrer.

E agora eu ali, caminhando no corredor da clínica do cara, aquelas lembranças todas... meu estômago embrulhou, as vistas escureceram e eu pensei: "pronto! só falta isso, eu desmaiar na frente do cliente!"
O cara começou a mostrar fotos e mais fotos de bocas horrendas! Eu me sentindo dentro do jogos mortais III e ele falando a todo momento: "não é lindo?! é tão lindo!" Desesperador! Meus dois piores pesadelos reunidos em uma única ocasião! Respirei fundo, tomei uma água, disse que já tinha entendido tudo e fui embora.


*Nota explicativa: Eu comecei a usar aparelho muito cedo e a dentista usava isso como desculpa pra arrancar meus dentes. Sei que era desculpa, por vários fatores: um deles é que o outro dentista com quem fui fazer o tratamento anos depois (qdo não tinha dentes de leite pra arracar) falou isso, que era desnecessário.

6 comments:

Jr said...

Parabéns Gabi enfrentou seu trauma,isso lhe poupou anos de terapia...rs

Defendo a dupla atendimento/criação pelo menos assim sempre consegui evitar refazer layout que o atendimento não conseguiu vender para o cliente...;)

Abs

Nivs said...

Gabi, teste. Escrevi um comentário agora mas não sei onde ele foi parar.

Nivs said...

Tenho certeza que você encontrou o "algo a mais" que faltava na logo. Um patíbulo? Um chicote e o capuz do carrasco? Se te pedirem pra fazer um folder então, vai ter até foto do Capitão Nascimento "PEDE PRA EXTRAIR, PEDE PRA EXTRAIR." Hum... Pensando bem, acho que esse folder seria um sucesso!

Gabi said...

rs.... com certeza eu economizei mto enfrentando meus fantasmas naquele dia, Jr.

Nivs, vc é ótima! o pede pra extrair é o melhor! hahaha

valeu pelos coments, pessoas =)

Anonymous said...

Meo Deos... vc usou aparelho desde cedo?
São esses deliciosos excessos de informação que me fazem participar do blog... vc nunca me falou isso...
Quero ver fotos... atenção, há um ENOOOORRRRME "S" no fim da palavra "foto", identificando um claro plural! Não adianta me mostrar "a única foto que ficou boa"... eu quero, "pelowmenos', mais de uma... isso sim, é jogo mortal V !!!

Beijos ansiosos...

D.

Gabi said...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk minhas fotos de infância já foram queimadas! hahahahahaha nem adianta! tem cada uma... que eu ia ouvir zuação sua pro resto da vida! sem chance! hahahahahahaha