Tuesday, August 5, 2008

Mensagem a um desconhecido

Outro dia comprei vários sabonetes artesanais na mão de uma colega da turma da Massoterapia. Foram mais ou menos 10 sabonetes, cada um mais cheiroso que o outro: pêssego, pitanga, maracujá, canela...

Quando peguei o de maracujá para usar tive uma bela supresa: dentro do sabonete tinha um papelzinho enrolado! Rapidamente antes de entrar pro banho, peguei um estilete e fiz um corte no sabonete bem no local onde estava o papelzinho. Queria saber logo o que era, o que estava escrito e porque foi colocado ali. A mensagem me surpreendeu e muito, por sintetizar aquilo que venho buscando a cada dia: viver intensamente cada momento, não deixar a vida passar e sim vivê-la.

"O tempo não pára, e com ele leva os momentos que deixamos passar em vão. Não deixe que este tempo passe sem levar consigo uma mera lembrança deste pequeno espaço que você ocupou enquanto esteve aqui." (Valentim - Bonito / MS)

Quem será o Valentim? O que ele faz da vida? O que o levou a escrever essa msg? Não tenho nenhuma dessas respostas, mas esse desconhecido que mandou uma msg "via sabonete" a um outro desconhecido (eu), se ligou a mim de alguma forma. Será que ele tem a real dimensão do que causou? Será que ele sabe que fez o meu dia mais feliz com esse pequeno gesto? Sinceramente acho que ele não sabe, mas com certeza ele escreveu essa mensagem com muito amor e carinho um desconhecido. E eu fui a ganhadora dessa dádiva...

7 comments:

D. Mattientti said...

Bom, eu acho que pós-modernindade inventou milhões de formas de comunicarmos sentimentos... seja nas "mensagens nas garrafas" dos náufragos, à internet e sms, passando pelos odiosos carros de mensagens na porta do aniversariante (divino padre eterno! Aquilo insufla meus instintos assassinos!)... Mas é a primeira vez que vejo alguém se comunicar via sabonete... muito bom! Se a moda pegar, vou prestar atenção até nos pacotinhos de biscoito fast food que como, pois a surpresa é boa! Só tem que ter noção, senão daqui a pouco tem até na parte interna do modess...

|________Uerlle| || || |___| said...

Achei interessantismoo a experienciaa Gabi!
Vamos procura-lo quem sabe o encontramos! heeh!
Então tem selo pra você lá no meu blog passa lá e pega viu?
Xeru!

http://uerllethebest.blogspot.com/2008/08/selo.html

Nivs said...

Adorei passar no meu blog e descobrir que um "Feed Lusitano Ora Poix" estava no meu blog. Gabisita, você sabe que eu AMO essas coisas né? Sua amiga biruta aqui de vez em quando faz umas dessas. Em vez de doar livros pra bibliotecas, de vez em quando, eu os deixo em banheiros de restaurantes com alguma mensagem do tipo " deixe seus problemas aqui e leve este livro pra casa." Mas minha vontade mesmo era de escrever cartas divertidas que deixem as pessoas UP e mandar pra remetentes desconhecidos escolhidos em listas telefônicas. Ei, quem sabe a gente não começa a fazer isso, hein? He,he. Bom dia divertido procê!

|________Uerlle| || || |___| said...

=)

Nivs said...

ESTE É MAIS UM PATROCÍNIO DE ATUALIZAÇÕES LUSITANAS.

O MUNDO GIRA, A LUSITANA RODA.

Sem feeds, só me resta anunciar, como vc pediu (rsrrsrsrs)

Tem post novo no claraboia

Carol said...

Bicho, adoro essas coisas. As chamos de click.
Outro dia estava conversando um um amigo que escreve crônicas tb e ele disse pra eu tomar cuidado que crônica vicia e que era pra eu treinar contos e tals. E ele me explicou pq vicia, disse que passamos a observar o mundo com olhos límpidos e escrevemos e vira um ciclo. Eu disse: uai, então tá bom, mvício bacana! perceber a vida e as pessoas vale mais que mil contos. Concordamos!
Bjs

i-relevante said...

Adorei.