Wednesday, January 23, 2008

Uma pessoa fora do contexto perde todo o sentido

Foi a conclusão que cheguei depois de encontrar uma colega da pós no Chico do Churrasco e não reconhecê-la.
Algumas pessoas "só fazem sentido" dentro de um contexto e fora dele causam um erro terrível na Matrix de nosso cérebro.
Demorei mais de meia hora pra lembrar de onde a conhecia e colocar os fatos no lugar correto em minha mente. Isso depois de já ter cumprimentado ela, perguntado como estava e tudo mais... E olha que eu tive aula no último fim de semana. Imagina só se tivesse mais tempo? Eu estaria até agora tentando lembrar de onde a conhecia...

5 comments:

Iana Coimbra said...

Eu faço isso direto... A minha cabeça tem vento dentro e só lembranças estranhas...rs

Carol Sales said...

kNossa que tanto de coisas, tá escrevuda, né?
Gabi, vou ler o livro e ver o filme. Nessa ordem
Rolei de rir de vc. Vc é mesmo como a peixinha amiga do pai do Nemo. Notou que eu esqueci o nome dela, né? Mas pelo menos eu sei falar baleiês.
Adorei o blog do Ciro. Minha peruca voou!
Beijos com saudades.
Es as letrinhas estão logo abaixo. Sniff.

Bruna Souza said...

Gabi!
Fala sério hein!
Eu acho que se tem algo que sou boa, é isso: Reconhecer pessoas!

(Ps: Eu assisti o filme "O amor em tempos de cólera", logo logo faço uma análise no meu blog!)

Bjs!

Gabi said...

Iana, acredito que com vc, isso deve acontecer mto mais do que cmgo pq as pessoas te conhecem mto pelo trabalho que desenvolve e aí deve aparecer milhões de rostos desconhecidos te chamando pelo nome e conversando com vc como se fossem amigos de infância.... hehehehe Não tem como lembrar mesmo! Ainda mais fora do contexto de costume, rs...

Carol, tô "escrevuda" mesmo, rs...
O nome da peixinha é DORI!!! hahahahaha tenho um amigo que só me chama assim =P
Tem o livro aí na sua casa, viu ;) foi esse aí que eu li =D

Ei Bruna, eu sou uma negação! hahahahaha se estou acostumada a ver alguém somente em único lugar, essa pessoa não pode sair desse lugar pq assim ela me confunde! uhahuauhauhauhauha
Vc leu o livro??? Se não, leia! O livro é espetacular.

Marcelão said...

Muito loco mesmo. dá até pra pensar que os neurônios tem vida própria e fazem isso de propósito... só pra ficar rindo da gente.